Buscar

Resiliência – Quais as Características Fundamentais?

Atualizado: 3 de Mai de 2019



A resiliência é uma das palavras mais utilizadas atualmente para a compreensão de formas mais seguras para alcançar satisfação e sucesso, seja na vida pessoal ou profissional.


A resiliência, muito confundida com persistência ou insistência, é, na verdade, um termo que engloba fatores como a capacidade de adaptar-se, ser flexível e manter-se estruturado diante de situações estressantes que podem frear o seu nível de aprendizado.


É muito comum encontrarmos dúvidas referente ao entendimento desse termo, principalmente quando o abordamos em seu sentido prático. Afinal, o que é uma pessoa resiliente? Como desenvolver essa característica se você ainda não a possui?


O que é resiliência?


A palavra resiliência é oriunda do latim e tem em seu significado “voltar ao estado original”. Em outras palavras, significa a habilidade de retomar o seu funcionamento natural, empregado principalmente após atravessar por situações críticas e difíceis.

O interessante desse termo é que ele tem diferentes significados dependendo do campo de estudo onde é aplicado, seja na administração, psicologia, ecologia e até mesmo na física. Nesse artigo vamos compreender a sua aplicação prática no campo da psicologia e como ela pode ser usada em nossa rotina pessoal e profissional.


Nesses termos, a pessoa resiliente é aquela que, mesmo frente às diferentes dificuldades, consegue lidar com seus problemas e superar obstáculos sem ceder à pressão. Ou seja, é uma pessoa capaz de resolver conflitos e aprender com seus erros sem jamais abandonar seu estado de equilíbrio natural.


As pessoas extremamente resilientes conseguem lidar bem com a pressão e são capazes de superar desafios mesmo em situações extremamente adversas. Mesmo quando se veem desestruturadas, as pessoas resilientes tendem a se reorganizar com maior facilidade e continuar buscando suas metas com organização.


Mas, por que é tão importante ser resiliente?


A resiliência é uma característica fundamental para as pessoas que buscam incessantemente pelo crescimento e progresso. Afinal, para desenvolver-se é essencial sair da zona de conforto.


Ao tentar se desenvolver, é normal que corramos alguns riscos e façamos algumas apostas. Ao estar nesse estado de desenvolvimento é normal cometer erros, enfrentar dificuldades e topar com obstáculos, e é nessas horas que sua capacidade de resiliência é testada e poderá ser um diferencial para alcançar metas.


É importante frisar novamente que não se trata de insistir em erros ou persistir sem reestruturação constante. É sobre aprender, adaptar-se e persistir propositivamente, sem deixar que eventuais fracassos afetem sua autoestima e organização.


Quais as características essenciais das pessoas resilientes?


A resiliência jamais deve ser tratada como uma característica isolada, útil apenas na hora de encarar os problemas. Ao contrário, é uma característica mais compatível como uma forma diferente de enxergar a vida.


Em outras palavras, a resiliência passa por encarar com otimismo e esperança as mudanças de perspectiva, encontrando seu equilíbrio e traçando metas para se tornar mais produtivo e completo. Vejamos algumas características essenciais das pessoas resilientes:


Possuem propósito: mesmo com todos os problemas do dia a dia, lembram-se diariamente de seus objetivos e mantém o foco.


Aproveitam as suas forças: são pessoas que identificam seus pontos fortes e contam com suas potencialidades para lidar com as situações adversas.


São otimistas: aprender a ver a vida de maneira otimista e positiva é fundamental.


Exercitam a gratidão: mesmo nos piores momentos é possível encontrar motivos para ser grato. É isso é fundamental para o equilíbrio emocional.


Enxergam nos erros oportunidades: os erros nos ajudam a aprender, nos tornam mais experientes e sábios. Porém, é preciso querer aprender com os erros e enxergá-los como uma maneira de se tornar ainda melhor.


Aceitam as mudanças: todo mundo muda com o tempo, e isso nem sempre é ruim. É preciso aceitar que sua vida vai estar em constante evolução para não se cristalizar e estagnar na zona de conforto.


Aprendem mais sobre si mesmos: a resiliência também é viver uma aventura dentro de si próprio. Afinal, é preciso compreender como é possível recarregar as energias, se motivar, aproveitar pontos fortes e trabalhar os fracos.


Cultivam autoestima e confiança: por mais difíceis que estejam os tempos, as pessoas resilientes nunca deixam de acreditar na sua capacidade de superação.


Contam sempre com uma rede de apoio: todo mundo precisa de ajuda e é fundamental que você fortaleça seus relacionamentos e tenha por perto pessoas capazes de te entender, de te fazer feliz.


“Mais esperança nos meus passos do que tristeza em meus ombros”. (Cora Coralina).


É a partir da resiliência que nascerão as grandes vitórias, afinal, todos os caminhos são feitos de altos e baixos. É necessário resistir, focar, equilibrar e persistir para se chegar ao fim.

12 visualizações

© 2020 por CarlaWeisz Consultoria