Propósito Profissional - Como Atuar Melhor como Dono de Negócio?



O propósito profissional pode ser resumido como o conjunto de elementos que, juntos, formam as razões para agir. Nesse sentido, encontrar motivação em propósitos por trás de cada tarefa é buscar a energia para realizar as tarefas e se tornar realmente produtivo, e não só produzir por produzir.


Quando encontramos o propósito profissional de nossa empresa, de nossa função como gestor estratégico, é nítido que nos sentimos empoderados para realizar mais e melhor, promovendo maior otimismo, bom humor, gratidão, auto confiança e positividade de uma forma geral, elementos fundamentais a formação de uma empresa pronta para crescer. Mas, como é possível trabalharmos para isso?


1 - Rotina de organização: trata-se de adotar o hábito de anotar, diariamente, seja em um bloco de notas do celular ou em um caderno, motivos pelos quais você sentiu que sua empresa pode evoluir. É um exercício que nos força a enxergarmos o lado positivo das coisas, freando os pensamentos negativos e erros, que atrapalham o ambiente de negócios, mas de saber identificar e, posteriormente reforçar, os pontos positivos do seu negócio.

2 - Crie pontes para o futuro: consiste, de forma geral, em definir um objetivo bem claro e então visualizá-lo mentalmente. Não se trata apenas de pensar como será o momento de conquista, mas vivenciá-lo em todas suas etapas, elencando possíveis obstáculos e experimentando as soluções para esses problemas de forma mental.

É uma forma extraordinária de combater as limitações e pensamentos negativos, e manter-se firme em seus objetivos, e melhor do que isso: de praticar sua gestão estratégica, fundamental para quem quer alcançar voos maiores.

3 - Se municie de planejamento e execução: não se trata de varrer para debaixo do tapete os erros, dificuldades e problemas, mas de reafirmar o compromisso de acreditar em um plano, mas também de compreender que todo plano precisa de boas ações, de um poder de execução. Só assim um planejamento se torna importante para uma empresa.

4 - Trabalhe com acordos pessoais: o reconhecimento profissional costuma ser uma das principais preocupações na motivação dos funcionários. Afinal, todos nós precisamos de estímulos para agir.

Porém, nem sempre é aconselhável sair distribuindo elogios ou entusiasmar demais seus funcionários. O plano aqui é traçar recompensas de acordo com etapas importantes que a empresa precisa superar, premiando a cada etapa ultrapassada em busca da melhor produção e engajamento do seu time. Isso irá alinhá-los às expectativas da sua empresa, fazendo-os trabalhar de forma mais focada.

5 - Procure se exercitar mais: pode parecer desconexo, mas os esportes são ótimas fontes de motivação e liberação de endorfina, e ótimos amigos pro desenvolvimento de habilidades coletivas, algo bastante importante na gestão de uma empresa.

O ideal é escolher um esporte novo, que te desafie, promovendo mais motivação para descobrir novos rumos e encontrar formas diversas de se concentrar melhor e produzir com mais inteligência.

6 - Procure realizar coisas novas: não se limite a fazer apenas o que acredita ser suficiente para sobreviver como empresa. Isso não quer dizer que você deva sair realizando as tarefas de todo mundo ou criando novas de qualquer maneira.

Quer dizer que você pode e deve consumir mais livros e se aventurar em outras áreas conexas ao dia-a-dia da sua empresa. São os pequenos aprendizados somados que resultam em uma experiência capaz de te colocar em posição de enxergar boas oportunidades onde todos só vêem obstáculos.

7 - Tenha um mural de metas: mas não leve isso mais do que ele deve ser: um mural de metas! Isso serve para você ter um resumo visual do que realizou e do que pretende realizar, colocando um ponto de concentração importante para ter uma empresa mais organizada e focada nos elementos que trarão maior desenvolvimento.

As atividades propostas acima não são criadoras de propósitos, mas ferramentas que irão te auxiliar no despertar de sua própria inspiração, motivação para criar novos processos de crescimento.

Adotá-las como parte da sua rotina é buscar um aumento da percepção de realidade, do seu próprio potencial e dos desafios para fazer sua empresa ir além.

Pois, como diria Charles Chaplin: “Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem se atreve”.

Beijos e até a próxima! Ahh, não esquece de me seguir nas redes @carla_weisz e Carla Weisz no YouTube.

Posts recentes

Ver tudo