Hábitos no local de trabalho que você PRECISA combater não só em dezembro!

Atualizado: 11 de Dez de 2019



2019 já está encerrando seu ciclo. Como num piscar de olhos, passamos por reuniões, meetings, convenções, happy hours, férias e por aí à fora. Foi um ano frenético, intenso, de muitas mudanças no cenário político, social e econômico. E se sobrevivemos até aqui, precisamos estar dispostos a viver esta reta final, sabendo que é fundamental manter o foco e a vontade de fechar mais um ano superando nossas próprias expectativas sendo protagonistas da nossa história.


Dezembro e sua correria tradicional no local de trabalho

Talvez você já esteja conseguindo enxergar o Natal e as festas de final de ano batendo a porta, mas não é hora para desespero. Dezembro chega trazendo uma lição muito importante, pois mesmo com a tradicional correria de final de ano, é necessário estar atento e responsável para não perder a mão com a equipe, e muito menos com você mesmo, além de evitar alguns hábitos no local de trabalho, que podem, e devem, ser combatidos durante todo o ano afim de melhorar o seu desempenho profissional.


Se desculpar em excesso e sem necessidade

Uma prática automática e muito comum é se desculpar no local de trabalho, mesmo quando não há necessidade ou você não nem queria fazê-lo. E dezembro pode ser um mês de muita agitação, com possíveis falhas de comunicação e execução, devido ao tumulto da época. Dizer um “sinto muito” é uma resposta automática da qual já estamos habituados, independente de termos causado uma interrupção na fala de alguém e entrado em contradição, ou até mesmo tendo negligenciado algo enquanto conversávamos. Às vezes, podemos até achar que um pedido de desculpas transparece uma imagem agradável de nós mesmos, mas a realidade é que ao usá-lo de forma desnecessária, assumimos a responsabilidade de questões que não são problema nosso. Uma situação chata que pode ser evitada, quando prestamos mais atenção naquilo que está acontecendo, de maneira racional.


Reclamar, sem sugerir soluções

Reclamar já é um hábito horrível, em dezembro, onde precisamos ter atenção e disciplina redobrados por conta da agitação, mais ainda. Reclamar pode ser um comportamento tóxico no local de trabalho. Perceba que existe uma grande diferença entre àqueles que se queixam e as pessoas que genuinamente abraçam o desafio para si e sua equipe, com objetivo de resolvê-lo da melhor maneira possível. Antes de reclamar ou culpar alguém da sua equipe por problemas no escritório, pense em como você pode corrigir o problema. Sugira soluções em grupo, converse com todos os participantes, mesmo que isso precise acontecer após o expediente. Este tipo de atitude é fundamental para transformar as tarefas gigantes em algo mais informal e acolhedor, tornando assim o problema mais fácil de ser resolvido.


Tenha coragem para dar um feedback sincero e educado

Ao longo do ano, somos obrigados a conviver com comportamentos de outras pessoas, dentro da própria equipe, que podem ser desagradáveis ou até mesmo atrapalhar o desempenho do trabalho como um todo. Dezembro é a época certa para se posicionar sobre estes “probleminhas”, não só explicando o porquê de estes serem nocivos para o desenvolvimento das tarefas, mas sugerindo mudanças simples, que podem e devem ajudar a melhorar o ambiente de trabalho. O receio de soar estúpido detém inúmeras pessoas de fazerem suas vozes serem ouvidas, seja em reuniões ou em chamadas de conferência. Até mesmo aquelas pessoas mais tímidas podem desenvolver sua autoconfiança e aprender a fazer ouvir a sua voz, mesmo em grandes conversas. Para começar, é preciso escolher um ponto que gostaríamos de deixar claro, tendo como objetivo abordar a pauta logo no início da conversa, para que não nos sintamos preocupados em encontrar o momento certo para falar mais tarde, pois tudo aquilo que passa pode ser esquecido e causar problemas posteriores.


É importante lembrar que

Mesmo com todas as maratonas de trabalho e familiares que surgem com o mês de dezembro, não podemos esquecer que as atitudes é que fazem a diferença, pois são elas que criam hábitos saudáveis, e quem está no comando da sua vida e da sua carreira é você: o protagonista. Por isso, não deixe de se dedicar em fazer de si uma pessoa melhor, todos os dias, para que possa colher os frutos do seu empenho.


#VCNOCOMANDO

0 visualização

© 2020 por CarlaWeisz Consultoria