Disciplina - 5 Aspectos Importantes para sua Empresa



Como diria o pugilista mundialmente conhecido, Mike Tyson: “todo mundo tem um plano até tomar o primeiro soco”. Hoje falaremos de um dos fatores mais incômodos e carrasco da evolução de empresas: a deficiência de disciplina.


O fato é que todos nós temos planos, motivação e empenho em cumprir tarefas que nos levarão ao desenvolvimento, seja ela pessoal ou do negócio, porém, basta uma primeira dificuldade para trocarmos o planejamento estratégico pela vitimização e largar tudo de uma vez.


Nesse prisma, a disciplina é uma ferramenta capaz de nos aguçar a compreensão dos momentos difíceis, nossas reações diante deles e traçar estratégias para não abandonar o barco ao primeiro imprevisto.


Trata-se de exercitar as principais emoções humanas (principalmente alegria, raiva, tristeza e medo) que nos desviam do foco evolutivo. É como um controle do pensamento e emoções de forma racional/focada.


Pode parecer óbvio, mas na prática, é extremamente complexo. Fazer o que tem ser feito independente do que aconteça, sem desculpas, não é uma tarefa simples.


Não se trata só de ter o domínio de hábitos negativos que obstruem nossa evolução, mas também a aplicação de hábitos positivos que nos ajudarão a manter o foco.


De maneira geral no mundo dos negócios, existem 5 aspectos importantes para controlar sua disciplina e manter sua performance . Vejamos:


1 - Análise da realidade: é preciso trabalharmos nossa aceitação, pois há uma grande chance da raiz do problema estar na falta de realidade. Para compreendermos melhor, imagine uma pessoa que quer ganhar massa muscular, mas que não faz a menor ideia de quanto peso consegue levantar. É praticamente certo que escolherá uma rotina de treinos leve ou pesada demais para ela. Se foram pesados demais, certamente não conseguirá levantá-los e tenderá a desistir rapidamente. Se leves demais, irá levantá-los com facilidade mas não verá resultados. Ou seja, para entendermos onde devemos melhorar, quais aspectos precisam de retoques para evoluir seu negócio, é preciso um diagnóstico correto.


2 - Força de vontade: força de vontade não se trata só de repetir e continuar tentando, ou se envolver em grandes decisões, mas sua beleza e magia estão nos pequenos esforços do dia a dia como vestir-se apropriadamente, reforçar pequenas condutas esperadas dos colaboradores dentro da empresa, construir feedbacks recorrentes...


A força do hábito de forçar-nos a criar rotinas que dependem de nossa disciplina mental, do controle do que queremos em detrimento da vontade própria, faz com que, aos poucos, forjemos pela força de vontade uma personalidade positiva que atuará de forma coerente com tudo aquilo com o que nos propomos a fazer.


3 - Entrega total: trabalhar duro não significa trabalhar muitas horas por dia. É muito comum donos de negócios associarem o sucesso ao tempo despendido na execução de algo. Trabalhar duro significa empregar o esforço suficiente para atingir seus objetivos sem perder o foco.


4 - Diligência: significa fazer o que precisa ser feito, mesmo aquilo que não gostamos, de forma homogênea, cuidadosa e eficiente. É muito comum empresas alcançarem um nível de produtividade razoável e se perderem quando as tarefas começam a se acumular. A disciplina, nesse prisma, busca ter maior controle sob os diferentes aspectos e tarefas da rotina da sua empresa, para que nada saia do eixo e atrapalhe a sua evolução.


5 - Persistência: é preciso mais convicção de que, embora as dificuldades fatalmente aconteçam, você sabe que está no caminho certo e que persistirá para alcançar seus objetivos independente dos altos e baixos comuns em qualquer jornada de desenvolvimento. Só existe persistência quando há convicção. Sem ela, só o que temos é teimosia.


H. Hackson Brown Junior, um escritor e empreendedor de empresas de inovação, tem uma frase que exemplifica bem a importância da disciplina no desenvolvimento e superação de obstáculos das empresas. Ele diz:


“O talento sem disciplina é como um polvo a andar de patins. Há uma abundância de movimento, mas nunca se sabe se vai ser para frente, para trás ou para os lados.”


Gostou do conteúdo? Deixa um coraçãozinho e nos siga nas nossas redes sociais @carla_weisz no Instagram e YouTube. Vai lá que você vai encontrar muito mais conteúdos como esse. Beijos e até a próxima.


439 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo