Como Agir em um Mundo de Transformação?



Vivemos em um mundo de constantes mudanças e transformações e, nesse cenário, topamos com um número enorme de desafios de um mundo em transição. E, acredite, para ser um bom líder dentro da empresa você precisa entender o que acontece no mundo, porque uma empresa não avança sozinha.


O fato é que muitos donos de negócios se apegam facilmente às fórmulas de sucesso que já funcionaram um dia. E, "voilá", acreditam que se tornaram indestrutíveis ao tempo e às mudanças.


Houve um tempo onde tudo era muito diferente, mas hoje o mundo está em transformação e o ambiente de trabalho também. Se antes tínhamos que lidar com uma competição local para estabelecer nosso empreendimento no mercado… hoje temos que encarar uma competição global.


Antigamente, tinha separação entre vida profissional e trabalho e hoje isso não existe mais. O que existe é um humano integral, capaz de equilibrar as diversas demandas de sua vida profissional.


Tinha uma época em que era comum se dizer: deixa seu coração lá fora e entra na empresa com seu cérebro. Você já ouviu isso?


Pois é, esse mundo ficou pra trás…


Outro dia comecei um trabalho com um cliente que disse: “a mão de obra está difícil hoje em dia”. E esse tipo de raciocínio já não cabe mais na estrutura de trabalho que se apresenta.


Quando olho para uma pessoa, um funcionário como mão de obra, eu estou com uma mentalidade em uma sociedade industrial, onde as pessoas iam ao trabalho para executar, fazer, e não pensar. Isso mudou...


Outra coisa que está sendo muito discutida, estava antes da pandemia e agora se intensificou, é o não trabalhar por hora, mas por entrega.


Só que para um colaborador trabalhar por entrega, é preciso ter tudo muito estruturado e claro. Em outras palavras, é preciso que os colaboradores estejam realizando suas tarefas de acordo com o processo estabelecido, desenhado para funcionar em sintonia com o modelo de negócio que foi desenhado.


Uma empresa capaz de entender seu propósito, seu jeito de ser, para que os funcionários se engajem com os objetivos traçados.


Os jovens, os Millennials, os Alphas, os Y, a “mão de obra”, não querem ter horário, e isso é uma mudança na sociedade.


Por isso eu sempre digo, se você quer saber como agir em um mundo de transformação, você precisa entender de gente. Porque se você não entende de gente, você não entende de negócios. Por que? Porque seus funcionários são pessoas, os fornecedores são pessoas e os clientes são pessoas.


As empresas, portanto, estão muito mais próximas de um organismo vivo do que tínhamos na visão de antigamente, onde a víamos como “fábricas”.


As empresas modernas de hoje se adaptam e se movem cada vez mais rápido, alocando seus recursos de maneira inteligente e aproveitando a sua estrutura para entender melhor quem as cerca para, assim, encontrar o caminho em meio às transformações.


494 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo